Pular para o conteúdo

O que é Deságio

  • por

O que é Deságio?

Deságio é um termo utilizado no mercado financeiro para se referir à diferença entre o valor nominal de um título ou ativo e o seu valor de mercado. Em outras palavras, o deságio é a quantia pela qual um título é negociado abaixo do seu valor de face. Esse desconto pode ser causado por diversos fatores, como risco de crédito, taxa de juros, prazo de vencimento, entre outros.

Como o Deságio é Calculado?

O deságio é calculado através de uma simples fórmula matemática, que leva em consideração o valor nominal do título e o seu valor de mercado. A fórmula para calcular o deságio é a seguinte: Deságio = (Valor Nominal – Valor de Mercado) / Valor Nominal * 100%. Ou seja, o deságio é expresso como uma porcentagem do valor nominal do título.

Fatores que Influenciam o Deságio

Existem diversos fatores que podem influenciar o deságio de um título no mercado financeiro. Alguns dos principais fatores incluem o risco de crédito do emissor do título, a taxa de juros vigente no mercado, o prazo de vencimento do título, a liquidez do ativo, entre outros. Quanto maior o risco percebido pelo mercado, maior tende a ser o deságio do título.

Deságio e Taxa de Juros

A taxa de juros é um dos principais fatores que influenciam o deságio de um título. Quanto maior a taxa de juros vigente no mercado, maior tende a ser o deságio do título, uma vez que os investidores exigirão um desconto maior para compensar o maior risco de crédito e a perda de oportunidade de investimento em outras aplicações mais rentáveis.

Deságio e Risco de Crédito

O risco de crédito do emissor do título também é um fator determinante para o deságio. Quanto maior o risco percebido pelo mercado em relação ao emissor do título, maior tende a ser o deságio do título. Empresas com baixo rating de crédito tendem a oferecer títulos com deságios mais elevados para atrair investidores.

Deságio e Prazo de Vencimento

O prazo de vencimento do título também pode influenciar o deságio. Títulos com prazos mais longos tendem a apresentar deságios maiores, uma vez que há um maior grau de incerteza em relação ao pagamento do principal e dos juros ao longo do tempo. Investidores exigem um desconto maior para compensar esse maior risco.

Deságio e Liquidez do Ativo

A liquidez do ativo também pode afetar o deságio de um título. Ativos com baixa liquidez tendem a apresentar deságios mais elevados, uma vez que os investidores exigem um desconto maior para compensar a dificuldade de venda do título no mercado secundário. Títulos mais líquidos tendem a ter deságios menores.

Deságio e Valor de Mercado

O valor de mercado do título é o preço pelo qual ele está sendo negociado no mercado secundário. Quanto maior for a diferença entre o valor de mercado e o valor nominal do título, maior tende a ser o deságio. Investidores buscam oportunidades de compra de títulos com deságios atrativos para obter retornos mais elevados.

Deságio e Estratégias de Investimento

O deságio pode ser utilizado como uma estratégia de investimento para obter retornos mais elevados. Investidores podem buscar títulos com deságios atrativos e potencial de valorização no longo prazo. No entanto, é importante avaliar cuidadosamente os riscos envolvidos e a capacidade do emissor do título de honrar seus compromissos.

Conclusão

Em resumo, o deságio é uma importante métrica no mercado financeiro que reflete a diferença entre o valor nominal de um título e o seu valor de mercado. Diversos fatores podem influenciar o deságio de um título, como a taxa de juros, o risco de crédito, o prazo de vencimento, a liquidez do ativo, entre outros. Investidores podem utilizar o deságio como uma estratégia de investimento para obter retornos mais elevados, mas é fundamental avaliar os riscos envolvidos.