Pular para o conteúdo

O que é Lucro Real

O que é Lucro Real

Lucro Real é um regime tributário no Brasil que determina a forma como as empresas devem calcular e pagar seus impostos. Neste regime, a empresa deve calcular o imposto de renda e a contribuição social sobre o lucro líquido com base nos resultados contábeis apurados em sua escrituração. Ou seja, o lucro real é o lucro líquido apurado pela empresa, ajustado pelas adições e exclusões previstas na legislação tributária.

Como funciona o Lucro Real

Para calcular o Lucro Real, a empresa deve seguir algumas etapas. Primeiramente, é necessário apurar o lucro líquido do período contábil, que é o resultado obtido após a dedução de todas as despesas e custos da empresa. Em seguida, a empresa deve fazer os ajustes necessários previstos na legislação tributária, como adições e exclusões de determinados itens.

Vantagens do Lucro Real

Uma das principais vantagens do Lucro Real é a possibilidade de deduzir as despesas financeiras da base de cálculo do imposto de renda e da contribuição social sobre o lucro líquido. Isso pode resultar em uma redução significativa da carga tributária da empresa, principalmente para aquelas que possuem um alto volume de despesas financeiras.

Desvantagens do Lucro Real

Por outro lado, o Lucro Real pode ser mais complexo e burocrático do que outros regimes tributários, como o Lucro Presumido. Além disso, as empresas que optam pelo Lucro Real estão sujeitas à obrigatoriedade de manter uma contabilidade mais detalhada e precisa, o que pode demandar mais tempo e recursos.

Quem pode optar pelo Lucro Real

O Lucro Real é obrigatório para algumas empresas, como aquelas com faturamento anual acima de determinado limite estabelecido pela legislação. No entanto, mesmo as empresas que não são obrigadas a adotar o Lucro Real podem optar por esse regime tributário se considerarem vantajoso para sua situação específica.

Como calcular o Lucro Real

Para calcular o Lucro Real, a empresa deve seguir as regras estabelecidas pela legislação tributária. É importante ter um bom controle contábil e financeiro para garantir a precisão dos cálculos e evitar problemas com o Fisco. É recomendável contar com o auxílio de um contador especializado para realizar os cálculos de forma correta.

Diferença entre Lucro Real e Lucro Presumido

Uma das principais diferenças entre o Lucro Real e o Lucro Presumido está na forma de cálculo do imposto de renda e da contribuição social sobre o lucro líquido. Enquanto no Lucro Real o imposto é calculado com base no lucro líquido apurado pela empresa, no Lucro Presumido o imposto é calculado com base em uma margem de lucro pré-determinada pela legislação.

Obrigações acessórias do Lucro Real

As empresas que optam pelo Lucro Real estão sujeitas a algumas obrigações acessórias, como a entrega da Escrituração Contábil Fiscal (ECF) e da Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais (DCTF). É importante estar em dia com essas obrigações para evitar multas e penalidades por parte do Fisco.

Planejamento tributário no Lucro Real

Para aproveitar ao máximo os benefícios do Lucro Real, é essencial realizar um planejamento tributário adequado. Isso envolve analisar a situação da empresa, identificar oportunidades de redução da carga tributária e adotar as medidas necessárias para otimizar a gestão fiscal. Um contador especializado pode auxiliar nesse processo.

Conclusão